Início Justiça “Sereia do sexo”: Garota de programa arma emboscada para matar cafetão incinerado

“Sereia do sexo”: Garota de programa arma emboscada para matar cafetão incinerado

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal desvendou uma execução macabra meses após o crime, revelando uma trama sinistra envolvendo uma garota de programa, seu namorado idoso e a vítima, um cafetão. O caso chocante teve desdobramentos revelados após intensas investigações da 26ª DP.

Presa desde fevereiro na primeira fase da Operação Canto da Sereia, a jovem conhecida como “sereia do sexo”, de 20 anos, foi descoberta como peça central em uma emboscada planejada para assassinar o próprio cafetão, Glaudêncio Santos, de 41 anos. O crime hediondo ocorreu no lixão do Morro do Sabão, no Parque Gatumê, em Samambaia, onde a vítima foi torturada e queimada viva em uma cena aterrorizante.

As investigações revelaram que a garota de programa foi ordenada por seu namorado, um homem de 65 anos, a atrair Glaudêncio para o local do crime sob o pretexto de realizar uma oferenda religiosa, algo que não despertou suspeitas devido aos rituais frequentes realizados pelo trio.

Após meses de busca, o namorado da garota de programa, Antônio Pereira Martins, foi finalmente capturado pelas equipes da polícia em 28 de março. O criminoso, que estava foragido desde a prisão de sua companheira, foi encontrado em Samambaia, onde tentou resistir à prisão e até mesmo tirar a própria vida ao se armar com uma faca.

Compartilhe agora: