Início CARNAVAL 2024 Mulher é presa em flagrante por injúria racial durante o Carnaval de...

Mulher é presa em flagrante por injúria racial durante o Carnaval de Salvador

Postos do Servvir estão espalhados nas proximidades do circuito. Crédito: Ascom-PC/Haeckel Dias

Uma mulher foi detida em flagrante por policiais da Coordenação Especializada de Repressão aos Crimes de Intolerância e Discriminação (Coercid) durante o circuito Barra-Ondina (Dodô), em Salvador, na noite da últimasegunda-feira (12). A acusação é de injúria racial, após a mulher ter chamado outra de ‘macaca’.

De acordo com informações da assessoria da Polícia Civil, a prisão ocorreu após a vítima procurar os policiais, relatando que estava próxima a um hotel quando foi alvo de palavras de cunho racista e ofensas à sua dignidade por parte da acusada. Os agentes realizaram diligências e identificaram a suspeita, que foi encaminhada junto com as testemunhas para a unidade policial.

A mulher foi autuada em flagrante por injúria racial e permanece sob custódia à disposição do Poder Judiciário. A ação faz parte do trabalho do Serviço Especializado de Respeito a Grupos Vulnerabilizados e Vítimas de Intolerância e Racismo (Servvir), que opera durante o Carnaval em diversos pontos da cidade, incluindo o estacionamento do Shopping Barra, Ladeira da Montanha, Passeio Público e Avenida Milton Santos, em Ondina.

Os postos do Servvir têm como objetivo atender vítimas de diversos crimes, incluindo racismo, intolerância religiosa, LGBTfobia e pessoas com deficiência, durante o período festivo.

Compartilhe agora: