Início POLÍCIA Homem interrompe júri, atira no assassino do pai e é preso em...

Homem interrompe júri, atira no assassino do pai e é preso em flagrante (VÍDEO)

Foto: Reprodução de vídeo

O ataque durante o julgamento ocorreu em 29 de novembro de 2023, no Fórum Dr. Geraldo Sobreira de Moura, mas as imagens foram divulgadas na última segunda-feira (1º). De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio.

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que um homem interrompe um júri no Fórum de São José do Belmonte, no Sertão pernambucano, atira e fere o réu, alvo dos disparos. O homem foi ferido enquanto estava sendo julgado pela acusação de ter matado o pai do atirador.

No vídeo, é possível ver as seguintes cenas:

O atirador aparece, inicialmente, sentado, acompanhando o júri ao lado de uma mulher. Em um determinado momento, ele se levanta sozinho, anda na direção de onde o réu está e atira na direção dele.

A mulher tenta impedir o atirador. Ela se levanta atrás dele e chega a puxá-lo pela camisa na tentativa de evitar o crime.
O réu, quando ouve os tiros, tenta se proteger, correndo dentro do próprio espaço onde era realizado o júri.
As pessoas que acompanhavam a sessão, que era pública, começam a correr. No vídeo, é possível ver testemunhas, advogados e o juiz tentando se proteger e correndo da sala.

Além dos tiros, o homem dá coronhadas na cabeça do réu quando consegue se aproximar dele.
O atirador foi detido em flagrante na época e continua preso preventivamente. A polícia apreendeu com ele um revólver calibre 38. Já o réu, que já aguardava o júri em liberdade antes de ser baleado, permanece solto.

Já o réu, único ferido durante do ataque, foi levado para o Hospital de Serra Talhada. Ao site g1, a Polícia Civil informou que o réu foi atingido por 6 disparos de arma de fogo.

“A vítima, o réu Francisco Cleidivaldo Mariano de Moura está vivo e solto; o júri não foi feito novamente e não foi designada nova data ainda. O atirador, identificado como Cristiano Alves Terto, está preso. A tentativa de homicídio praticada por Cristiano Alves Terto já está sendo julgada”, informou o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) em nota.

Fonte: G1

Compartilhe agora: