Início Acidente Advogado do piloto alega invasão por passageiros no naufrágio do barco na...

Advogado do piloto alega invasão por passageiros no naufrágio do barco na Bahia; filha e neto do piloto também morreram no acidente

Embarcação naufraga e deixa mortos na Baía de Todos-os-Santos — Foto: TV Globo/Reprodução

O defensor do piloto do barco, envolvido no naufrágio que resultou em oito mortos e seis feridos no domingo (21), apresentou-se à Polícia Civil na terça-feira (23).

De acordo com o advogado, a embarcação foi invadida por pessoas presentes no local. O advogado Elder Costa confirmou a falta de habilitação do piloto, Fábio Freitas, para conduzir o barco. Costa afirmou em entrevista ao Jornal Nacional que indivíduos adentraram a embarcação, constrangendo o piloto a acompanhá-los, pois não havia outra alternativa de transporte naquele momento.

O advogado também abordou a confusão que teria desencadeado o naufrágio.

“Ele pediu pra que as pessoas se retirassem, as pessoas insistiram, sentaram, não quiseram se levantar. Essas mesmas pessoas que adentram de maneira forçada na embarcação dele, entraram em conflito entre si, o que causou um pânico dnetro do barco e naufragou. Infelizmente causou no resultado morte”, afirmou Elder Costa.

Segundo ele, a embarcação é de passeio e foi usado para transportar a família dele da festa que acontecia na Ilha de Maria Guarda, quando outras pessoas entraram à força no barco.

“Ele estava com a família dele, foi buscar a filha e foi surpreendido por um grupo de pessoas que invadiram a embarcação”, afirmou.

O advogado ainda contou que Fábio Freitas não realizava transporte irregular e negou a informação que o barco teria ficado com excesso de passageiros. “As pessoas vieram sentadas. Inclusive temos testemunhas”, disse o advogado.

O piloto do barco perdeu no naufrágio a filha, Flaviane, de 29 anos, e o neto, Jonathas Miguel, de 7. Eles foram sepultados na segunda-feira (22). O pai do garoto sobreviveu e a esposa do dono do barco e um neto dela, de 15 anos, também se salvaram.

Compartilhe agora: