Início notícias Advogada e cliente são assassinados a tiros após deixarem delegacia 

Advogada e cliente são assassinados a tiros após deixarem delegacia 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma advogada identificada como Brenda dos Santos Oliveira, de 26 anos, e seu cliente, Janielson Nunes de Lima, apelidado de “Gordinho da Batata”, foram brutalmente assassinados na tarde de terça-feira (30), a cerca de 600 metros da delegacia de Santo Antônio, região Agreste Potiguar. A tragédia ocorreu logo após saírem da delegacia.

Antes do crime, Brenda publicou uma imagem nas redes sociais, mostrando os pés de duas pessoas dentro da delegacia, acompanhada da legenda: “A sociedade e sua mania de condenar com base no ‘disse me disse‘”. A imagem, ainda disponível até a manhã desta quarta-feira (31), denunciava a pressão social.

Brenda, recém-registrada na OAB em 2022, e seu cliente, investigado pela Polícia Civil, foram alvos de múltiplos tiros, seguido por uma colisão fatal com um ônibus. O presidente da OAB-RN, Aldo Medeiros, anunciou luto oficial de três dias, exigindo punição rigorosa aos culpados.

Crime aconteceu a cerca de 600 metros da delegacia de Santo Antônio — Foto: Vanessa Camilo/Inter TV Cabugi

Janielson Nunes de Lima era suspeito no caso do assassinato do vaqueiro João Victor Bento da Costa, de 19 anos, durante uma vaquejada no domingo (28). Após ser detido e conduzido à delegacia, foi liberado por falta de mandado de prisão ou flagrante vigente.

A Polícia Civil confirmou que Janielson era um dos suspeitos na morte de João Victor, mas investigações sobre o caso continuam. A OAB-RN solicitou ao secretário de Segurança Pública rigor nas investigações, designando uma comissão para acompanhar o inquérito. A violência choca a sociedade local, exigindo ação contra a escalada de crimes.

Compartilhe agora: