Início Pandemia Rui Costa: “Queria que o presidente parasse de agredir governadores e prefeitos...

Rui Costa: “Queria que o presidente parasse de agredir governadores e prefeitos pra começar a governar”

O presidente Jair Bolsonaro disse que não pode ser responsabilizado pelos óbitos no país. Além disso, reclamou da imprensa por ter divulgado uma frase que ele mesmo disse na na noite de terça-feira (28/4), quando deu de ombros sobre a estatística.

Bolsonaro ainda disse que “a gente lamenta as mortes profundamente”, mas frisou que “sabia que ia acontecer”. Novamente, jogou a culpa para governadores e prefeitos. “Desde o começo me preocupei com vida e emprego, porque desemprego também mata. Então essa conta tem que ser perguntada para os governadores”, reforçou.

O Governador da Bahia, Rui Costa, escreveu em sua rede social do twitter em resposta ao comentário do Presidente:

“Queria que o presidente parasse de agredir governadores e prefeitos pra começar a governar com seriedade e responsabilidade. E daí? Vamos ter respeito pelas vítimas. Neste momento temos que unir o povo brasileiro em favor da vida.”, afirma Rui.

“Esculhambaram comigo. Fui achincalhado por parte da mídia, fiz minha parte desde o começo, a missão do chefe é decidir. O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que essas medidas (de restrição) são a cargo dos governadores e prefeitos”, reclamou o presidente, que voltou a culpar os chefes de estados e municípios pelas mortes, e citou diretamente o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

Compartilhe agora: