Início Ação

Banco é condenado a indenizar cliente de Salvador que perdeu R$ 10 mil em golpe do PIX

Foto: Reprodução

O Bradesco foi condenado a indenizar em R$ 14 mil uma cliente de Salvador, que perdeu R$ 10 mil ao sofrer um ‘golpe do PIX‘, pelas redes sociais. Em documentos, foi possível entender que houve uma inércia da instituição financeira.

A cliente fez três transferências bancárias para um estelionatário. Assim que ela percebeu que tinha sido vítima de um golpe, a mulher entrou em contado com o banco, pediu que bloqueasse a transações, mas a instituição não atendeu o pedido.

Devido essa negligência, a vítima entrou com uma ação na Justiça e pediu a indenização por danos morais e materiais. O Bradesco defendeu que agiu corretamente, porque a responsabilidade seria da própria cliente, mas não conseguiu prova a alegação.

Para a Justiça, se há risco de fraude e delitos em operações bancárias, significa que há falha do banco no dever de segurança esperado pelos clientes, já que é responsabilidade da instituição impedirem que criminosos consigam abrir contas bancarias para esses atos.

Compartilhe agora: