Início Bahia Festival celebra os Saveiros do Recôncavo baiano

Festival celebra os Saveiros do Recôncavo baiano

Festival celebra os Saveiros do Recôncavo baiano - Foto: (Divulgação)

De 27 a 29 de maio a cidade de São Félix, no Recôncavo baiano, realiza o Festival de Saveiros – I Festa Náutica do Vale do Paraguaçu, um grande encontro dos saveiros da Bahia, que tem o propósito de resgatar a memória e preservar este tipo de embarcação, valorizando a sua salvaguarda como patrimônio do nosso estado e fomentar o turismo náutico baiano. Durante os três dias de festa, que tem como clímax o “Bordejo pelas Águas do Paraguaçu”, será realizada uma rica programação cultural, educativa e de cunho social, com shows de samba e reggae, homenagem a Dona Cadu, a mais famosa ceramista da Bahia, Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar, concurso de desenhos e redação nas escolas de São Félix e ação de limpeza das margens do Rio Paraguaçu.

Regata Coqueiros-São Félix – No dia 29 de maio, a partir das 13h,  na cidade de São Félix, será dada a largada para o “Bordejo pelas Águas do Paraguaçu” que vai circundar a Pedra da Baleia e retornar para o píer de São Félix. Podem participar saveiros com navegação a popa (vela de içar).  As inscrições gratuitas estão abertas até o dia 19 de maio no site da FENEB – Federação de Esportes Náuticos da Bahia (www.feneb.com.br). A competição se transformou num grande desfile, que irá homenagear os saveiros participantes. No sábado pilotos de caiaques, jet-ski e quem pratica canoagem, também terão seus encontros, mas sem caráter competitivo.

Programação cultural e educativa – Shows de Samba de Roda e Reggae, marcas musicais do Recôncavo da Bahia, fazem da programação doFestival de Saveiros – I Festa Náutica do Vale do Paraguaçu, uma verdadeira festa. Na sexta-feira, às 20h, está marcado o  Encontro dos Sambas de Roda do Recôncavo, com os grupos Samba de Roda Filhos de Nagô, de São Félix, Gêge Nagô, de Cachoeira e Samba Filhos de Dona Cadu, de Maragojipe. No sábado à noite o show é do reggaeman Sine Calmon. No domingo, ao cair da tarde, quem sobe ao palco é Jau, para realizar o seu sarau. E tem mais música com os talentos da terra  Nathan Gomess, Nelma Marks, Juninho Cachoeira, Orquestra Reggae de Cachoeira e Orquestra Jovem do Recôncavo. Os shows acontecem na Avenida Salvador Pinto, no Porto de São Felix.

Homenagem a Dona Cadu – A mais famosa ceramista da Bahia, Dona Cadu, recebe uma homenagem no dia 27, às 10h, na Câmara de Vereadores de São Félix com uma Sessão Solene pelo seu centenário e contribuição para a cultura do Recôncavo.  À tarde, às 14h, também na  Câmara de Vereadores, será realizada a mesa: “A importância dos Saveiros para o Recôncavo Baiano” – com o historiador Walter Fraga, o fotógrafo Nilton Souza, o deputado Bira Coroa e a arquiteta Marília Barreto, uma das proprietárias do Saveiro É da Vida. A mediação será do historiador Fábio Batista.

Enquanto isso toda a cidade estará mobilizada participando durante os três dias da limpeza das margens do Rio Paraguaçu, da Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar, das exposições de carros antigos e miniaturas de saveiros do artesão Ubiracy Portugal, enquanto as crianças disputam o concurso de desenhos e redação promovido em parceria com as escolas de São Félix.

O Festival de Saveiros – I Festa Náutica do Vale do Paraguaçu  foi idealizado por Wandick Vieira, tem a produção da Tabuleiro Produções e Um Som & Imagem e conta com patrocínio do Governo do Estado da Bahia, através das Secretarias de Turismo (Setur) e Comunicação – SECOM, e apoio institucional de Bartinho da Silva e Prefeitura de São Félix.

Confira a programação completa:

Dia 27 de maio – sexta-feira

07h – Limpeza das margens do Rio Paraguaçu

10h – Sessão Solene pelo Centenário de Dona Cadu

Local: Câmara de Vereadores de São Félix

14h – Mesa: “A importância dos saveiros para o Recôncavo Baiano” – com o historiador Walter Fraga, o fotógrafo Nilton Souza, o deputado Bira Coroa e a arquiteta Marília Barreto, uma das proprietárias do Saveiro É da Vida.

Mediação: historiador Fábio Batista

Local: Câmara de Vereadores de São Félix

20h – Encontro dos Sambas de Roda do Recôncavo

Samba de Roda Filhos de Nagô – São Félix,

Gêge Nagô – Cachoeira,

Samba Filhos de Dona Cadu – Maragojipe

Dia 28 de maio – sábado

Avenida Salvador Pinto (Porto) – Dia inteiro:

Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar

Exposição de carros antigos

Exposição de miniaturas de saveiro do artesão Ubiracy Portugal

Exposição dos Trabalhos Escolares

Às 13h Encontro de Jet Skis

16h Orquestra Reggae de Cachoeira

18h Nathan Gomess 

20h Nelma Marks

22h Sine Calmon

Dia 29 de maio – domingo

Avenida Salvador Pinto (Porto) – Dia inteiro:

Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar

Exposição de carros antigos

Exposição de miniaturas de saveiro do artesão Ubiracy Portugal

Exposição dos Trabalhos Escolares

13:30h Bordejo de Saveiros

14:00h Show Corpos Negros

15:30h Show Orquestra Jovem do Recôncavo

16:00h Premiação

16:30h Saída do Presente para Oxum

17:30h Sarau de Jau

19:30h Juninho Cachoeira

Para mais informações sigam-nos no Instagram:

@festivaldesaveirosoficial

https://photos.app.goo.gl/g6iAvo6uujEdkLUU6

Compartilhe agora:
Artigo anteriorEm Ibotirama, Feira Cidadã oferece serviços de saúde e cidadania para moradores da região
Próximo artigoConvênio assinado durante Caravana Parceria Mais Forte vai estimular ecoturismo em comunidade indígena de Prado