Início Justiça Fundadora da Hope & Justice Foundation, no EUA, ativista Anna Alves-Lazaro estará...

Fundadora da Hope & Justice Foundation, no EUA, ativista Anna Alves-Lazaro estará em Salvador de 12 a 15 de maio

Foto: divulgação

Brasileira é uma das maiores referências mundiais no combate ao tráfico humana, à violência doméstica e ao abuso e exploração sexual infantil

Em 2020, a advogada, relações públicas, palestrante internacional e escritora Anna Alves-Lazaro criou a a Hope & Justice Foundation, em Orlando (Flórida, EUA), com o intuito de  alertar, prevenir e lutar contra o tráfico humano, violência doméstica, abuso e exploração sexual de homens, mulheres e crianças através de ações fundadas na prevenção, proteção, pesquisas e repressão. 

Uma das referências mundiais no tema, a ativista estará em Salvador entre os dias 12 e 15 de maio para participar no XXIV Congresso Brasileiro de Magistrado, ao lado da diretora da fundação, Luciana Zappulla. A Hope & Justice Foundation é parceira oficial da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB) na Campanha Sinal Vermelho, contra a violência doméstica, para a qual Anna fará palestra sobre tráfico humano e violência doméstica em Brasília, no dia 16, no auditório da Câmara Legislativa do DF.

Como presidente-fundadora da Hope & Justice Foundation, atua na luta pelos direitos das vítimas e sobreviventes do tráfico humano, violência doméstica e do abuso e exploração sexual infantil, dirigindo de diversos programas e projetos que oferecem suporte emocional, psicológico, médico e orientação jurídica por meio de equipe multidisciplinar que atua em favor das vítimas e sobreviventes vulneráveis economicamente. 

Minibio

Coordenadora do Legal Studies and Research Center da Hope & Justice Foundation, Membro da Central Florida Human Trafficking Task Force, Diretora da Central Florida Brazilian American Chamber of Commerce e Notária Pública Certificada pelo Estado da Flórida/EUA. Colaborou mensalmente durante 2 anos para o conceituado Jornal Brasileiras & Brasileiros, escrevendo sobre prevenção e combate ao tráfico humano.

Nos EUA, ganhou o  Prêmio Focus Brasil Awards Orlando 2020; a Premiação Melhor do Brasil nos EUA 2021 da High Profile Magazine na categoria Prêmio “Luíza Brunet” de Enfrentamento contra a Violência à Mulher, que ocorreu em Londres e com sua história de imigrante contada no Livro Melhor do Brasil nos EUA; o Prêmio Mulheres que Empoderam, concedido pelo Empodera Movement 2022, em que teve parte de sua trajetória contada e eternizada no Livro Mulheres que Empoderam. Recebeu o Prêmio Internacional às Mulheres de Liderança e Coragem 2022, conferido pelo Grupo Mídia América. Mais recentemente, foi indicada para o Prêmio Notable Brazilian Awards 2022 e homenageada pelo Voto de Congratulações da Câmara Municipal de Piracicaba, São Paulo, por meio de requerimento do Vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorCasal suspeito de roubo de joias em Brumado é preso
Próximo artigoHoje é o Dia Nacional do Reggae; data criada em homenagem a Bob Marley