Início Meio Ambiente Fortes chuvas na Bahia são consequências da mudança do clima, alerta André...

Fortes chuvas na Bahia são consequências da mudança do clima, alerta André Fraga (PV)

Vereador André Fraga (PV) Foto: divulgação

Vereador de Salvador ressaltou que, em dois dias, choveu 30% a mais do previsto para dezembro

Em apenas 48h, choveu em Salvador cerca de 30% a mais do que o previsto para todo o mês de dezembro, de acordo com a Codesal, Defesa Civil de Salvador. Em toda Bahia, inclusive na capital, foram registrados alagamentos, deslizamentos de terra e até casas destruídas pela tempestade. Para o presidente da Comissão Especial de Emergência Climática e Inovação da Câmara, o vereador André Fraga (PV), uma situação como essa não pode ser considerada normal e é um dos efeitos da crise do clima.

“É o que eu tenho dito sempre. Esses fenômenos têm sido uma amostra grátis do que efetivamente será uma crise climática em proporções planetárias. Se a gente for olhar a chuva das últimas 48h, choveu mais do que o esperado para o mês inteiro. É muita água! Esse é um fenômeno climático extremo que é consequência da mudança do clima global”, alerta o vereador. 

Fraga reconhece que Salvador não está imune aos efeitos dessa crise: “Pelo contrário! Somos uma cidade vulnerável a esses fenômenos e muitas famílias em situação de pobreza ficam ainda mais prejudicadas quando ocorrem esses alagamentos e destruições. Ou seja, a mudança do clima ajuda a aprofundar desigualdades”, lamenta. 

Segundo os meteorologistas, o que causou as fortes chuvas neste final de semana foi o fenômeno La Niña, que altera a formação de chuvas, secas e distribuição de calor. O problema é que o aquecimento global aumenta o risco da ocorrência do La Niña, que deve ter consequências até 2022. Por isso, o vereador enfatiza que tempestades como a desse final de semana podem voltar a acontecer, trazendo estragos para a Bahia.

“Nesse momento, a prefeitura está em discussão sobre o Projeto de Lei da Política de Mudança do Clima. É importante que toda sociedade colabore nesse debate. Está no site da prefeitura. Depois, o PL vai para a Câmara e os vereadores vão poder colaborar também”, afirma.

Salvador foi reconhecida como uma das cidades líderes em ações de combate às alterações climáticas no relatório do CDP Snapshot Report 2021, organização internacional que ajuda empresas e cidades a divulgar o seu impacto ambiental. 

“Isso significa dizer que a cidade tem padrões de excelência na ação climática, mas não significa que devemos nos acomodar. Vamos entender essa mensagem, mudar alguns padrões e colaborar com a política municipal que está em discussão na cidade”, conclui.  

Compartilhe agora:
Artigo anteriorParque Costa Azul será palco da 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária
Próximo artigoOperação Grande Serra na Bahia fecha o dia com 29 pessoas presas