Início Pandemia Léo Prates volta criticar público em estádios e comenta situação da variante...

Léo Prates volta criticar público em estádios e comenta situação da variante ômicron

Foto: Max Haack/Secom

O secretário municipal da saúde, Léo Prates, voltou a criticar a decisão do governo do estado em permitir a presença de públicos nos estádios de futebol. Na ocasião, ele também aproveitou para mencionar a nova variante ‘ômicron‘, que é resultado de mais de 50 mutações, sendo considerada uma preocupação pela Organização Mundial da Saúde.

“Eu quero separar as coisas, por que algumas pessoas, de má fé, misturam. Uma coisa é o carnaval e outra coisa é a questão dos eventos. Sobre o carnaval, a gente depende do momento. Com o aparecimento da ômicron de todos os problemas que nós temos acompanhado, achamos que não é o momento de ter nenhuma posição sobre o evento”, explicou Prates em entrevista.

No último sábado (27), o secretário postou um vídeo da Arena Fonte Nova, com uma grande quantidade de público, para o jogo entre Bahia e Grêmio. Ele apontou as aglomerações, falta do uso de máscaras, entre outros problemas ignorados. Em seu questionamento, ele apontou um possível incoerência do governo sobre essa decisão.

“Não me parece coerente falar em cautela e liberar 35 mil pessoas, ainda sem fiscalização. O que nós estamos vendo fora dos estádios, são verdadeiros carnavais. São multidões saindo e logicamente isso nos traz preocupações. Nós estamos ai com a ômicron e não é momento de flexibilizar nada”, alertou o secretário.

Ainda no sábado, por meio de nota, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), soltou um pronunciamento sobre a presença de público nos estádios, afirmando que ‘acompanha o tempo todo os indicadores que apontam a possibilidade da flexibilização de medidas restritivas para conter a Covid-19’.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorBruno Reis anuncia cancelamento do ‘Festival da Virada’ em Salvador
Próximo artigoCNC: endividamento das famílias atinge maior patamar em quase 12 anos