Início OLIMPÍADA Seleção brasileira masculina de vôlei perde da Argentina e fica em quarto...

Seleção brasileira masculina de vôlei perde da Argentina e fica em quarto lugar nos Jogos Olímpicos

Seleção brasileira masculina de vôlei fica em quarto lugar nos Jogos Olímpicos - Foto: Jonne Roriz/COB

Sem medalha! A seleção brasileira masculina de vôlei terminou na quarta colocação nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Na tarde deste sábado no Japão (madrugada no Brasil), a equipe do técnico Renan Dal Zotto foi derrotada pela Argentina, por 3 sets a 2, parciais de 23/25, 25/20, 25/20, 17/25 e 12/15, em 2h17 de partida, na Ariake Arena.

“Eu vivi essa experiência em  Seul 1988 como jogador contra a mesma Argentina. Naquela época, enfrentamos o jogo de forma diferente. E hoje eu posso garantir que houve um empenho de todos nessas últimas 48 horas. Todo mundo sabia da importância dessa medalha e queria demais. Os jogadores se entregaram ao máximo na partida. Mas tem os méritos da Argentina, que fez um grande jogo e nós ficamos devendo. Muitos altos e baixos durante a partida. Ficamos muito frustrados pois foi um sacrifício enorme para todos estarem aqui”, afirmou Renan.

No primeiro set, o jogo começou equilibrado, as equipes não erravam e os ataques funcionavam bem. Até que o Brasil passou a pecar na recepção, a Argentina melhorou seu bloqueio e fechou a parcial em 25 a 23. No segundo set, os argentinos continuaram defendendo bem, e a seleção tinha dificuldades para encarar o bom jogo do adversário. Até que o Brasil encaixou seu primeiro ponto de bloqueio, fez 20 a 17 e depois fechou em 25 a 20.

No terceiro set, a Argentina abriu boa vantagem logo no início, mas a seleção conseguiu mostrar forças para reagir e virar o placar. Após alguns erros dos argentinos, o Brasil se aproveitou e fechou em 25 a 20. No quarto set, a equipe do técnico Renan começou bem e abriu boa diferença. Porém, a Argentina se aproveitou da queda de rendimento do adversário para fechar em 25 a 17.

+ Seleção feminina de vôlei disputa final contra os Estados Unidos

No tie break, os erros brasileiros se repetiram, e a Argentina não desperdiçou a oportunidade de abrir uma boa vantagem. O Brasil até conseguiu reagir e equilibrar o jogo, mas, no fim, prevaleceu o melhor jogo dos argentinos, que fecharam o set decisivo em 15 a 12.

“Acho que pesou a nossa inconstância, isso acabou sendo uma tônica na competição. Falo por mim também, alguns bons momentos, outros não tão bons. Hoje no quarto set foi isso, começamos a cometer erros e isso acabou pesando. As últimas 48h não foram fáceis para voltar com força, queríamos muito essa medalha”, disse o levantador Bruninho.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorPEC do Voto Impresso terá votação no plenário da Câmara
Próximo artigoForte de Santo Antônio Além do Carmo será transformado em centro de referência da capoeira