Início Destaques Isaquias Queiroz é ouro! Baiano faz história na olimpíada de Tóquio 2020

Isaquias Queiroz é ouro! Baiano faz história na olimpíada de Tóquio 2020

Isaquias Queiroz é ouro no C1 1000m nas Olimpíadas de Tóquio — Foto: Jonne Roriz/COB

É ouro! “Prometi e fui atrás. Feliz por dar essa medalha de ouro para vocês do Brasil. Era só um menino brincando com os amigos e hoje sou campeão olímpico. Eu quis e vim atrás!”, disse emocionado o Isaquias Queiroz.

Com a medalha de ouro na final do C1 1000m nas Olimpíadas de Tóquio, Isaquias Queiroz dá sequência a um projeto que estabeleceu depois dos três pódios que colecionou na Rio 2016 – façanha obtida só por ele em toda a história olímpica nacional.

Isaquias Queiroz é ouro em Tóquio – Foto: Reprodução

Ginástica rítmica do Uzbequistão utiliza música da Timbalada em apresentação e anima brasileiros

Hebert Conceição nocauteia campeão mundial e conquista o ouro em Tóquio

Isaquias Queiroz conquistou na manhã deste sábado no Canal Sea Forest, na baía de Tóquio, a medalha de ouro na prova do C1 1000m da canoagem velocidade, com o tempo de 4m04s408. O baiano de 27 anos, que é o atual campeão mundial da distância, reafirmou sua condição de ícone da elite internacional da modalidade. Velejador baiano iguala a marca de Serginho e Gustavo Borges e tem o objetivo de se tornar o brasileiro com mais conquistas em Olimpíadas.

A medalha de prata ficou com o chinês Hao Liu, com o tempo de 4m05s724. O bronze é de Serghei Tarnovschi, da Moldávia, com 4m06s069.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorVacinação da 1ª dose será retomada no sábado em Salvador e pessoas a partir de 28 anos serão imunizadas contra covid-19
Próximo artigoOperação Apolo recupera carro roubado e captura assaltantes no bairro de São Caetano