Início coronavírus Saiba como emitir certificado de vacinação contra Covid-19 para viagens

Saiba como emitir certificado de vacinação contra Covid-19 para viagens

Emissão de Certificado de Vacina contra covid-19 é gratuita e pode ser realizada pela internet. (Fonte: Agência Brasil/Reprodução)

A plataforma do Sistema Único de Saúde (ConecteSUS) passou a emitir o certificado de vacinação contra a covid-19 em inglês e espanhol, além de português. A iniciativa pretende facilitar a vida das pessoas que desejam viajar, especialmente para países em que se exige a imunização contra o coronavírus.

Apesar de ainda não ter uma validação internacional, pois ainda não há consenso entre os países sobre as regras de imunização contra a doença, o documento pode garantir a entrada de brasileiros nos locais que pedem comprovação de vacinação.

Exigência da vacina para viajar

Os Estados Unidos, por exemplo, permitem a entrada de viajantes que tenham tomado qualquer uma das vacinas do consórcio Covax Facility, como a CoronaVac, AstraZeneca, Janssen e Pfizer, que são aplicadas no Brasil.

A União Europeia estabeleceu um certificado digital próprio em julho para cidadãos de seus países-membros, no entanto, a permissão para viajantes de fora do bloco varia de acordo com cada governo. França e Irlanda já aceitam a entrada de brasileiros desde que comprovem estar imunizados.

Emissão de Certificado de Vacina contra covid-19 é gratuita e pode ser realizada pela internet. (Fonte: Agência Brasil/Reprodução)

Como emitir o certificado

A emissão do certificado de vacinação só poderá ser realizada após a conclusão do ciclo de imunização que, na maioria dos imunizantes, é composto por duas doses. É necessário, também, a inclusão do registro e o processamento nos sistemas do Ministério da Saúde, o que pode demorar até dez dias. Depois disso, basta seguir os seguintes passos:

1. Baixar o App ConecteSUS, disponível para iOS e Android, ou acessar a plataforma na internet.

2. Efetuar o login com CPF e senha previamente cadastrados.

3. Acessar o ícone de “vacina”.

4. Acessar a opção doses administradas.

5. Acessar o botão de emissão do certificado.

Se tudo estiver correto, em poucos minutos, será emitido o Certificado Nacional de Vacinação contra covid-19, com dados pessoais como nome, data de nascimento, sexo e CPF, além de informações sobre as doses da vacina (data de aplicação, instituição responsável pela fabricação ou importação da vacina, nome da vacina, descrição da dose, lote e estabelecimento de saúde).

O certificado poderá ser autenticado utilizando um código de 16 dígitos ou QRCode, e tem 12 meses de validade. Em caso de erro ou dúvida, o usuário deve acessar o menu “Fale com o ConecteSUS” na própria plataforma.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorCaminhão-tanque é apreendido na Bahia transportando combustível com nota fiscal fraudada
Próximo artigoCantor Giovani sofre acidente de carro na Rodovia Presidente Dutra