Início Salvador Trabalhadoras da saúde denunciam agressão em posto de vacinação no bairro de...

Trabalhadoras da saúde denunciam agressão em posto de vacinação no bairro de Ondina

Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (14), trabalhadoras da saúde denunciaram, uma agressão que sofreram durante a aplicação da vacina contra a Covid-19, em um posto de drive-thru, no bairro de Ondina.

Segundo as profissionais, elas foram agredidas por mãe e filha. Uma delas teria ficado irritada porque queria ver o frasco da vacina.

“Chegou uma senhora para ser vacinada e ela desceu do carro, mas não funcionamos dessa forma. Nós só podemos vacinar a pessoa fora do veículo, aí ela disse que queria ver o frasco da vacina”, explicou a enfermeira supervisora Luciane Silva.

De acordo com a enfermeira, ela pediu que a mulher dessa ré no carro, que mostraria o frasco do imunizante, pois a vacinadora estava preparando a dose.

“Ela [mãe], disse que eu tinha que calar a boca, usou termos chulos e que eu não poderia falar, começou a pegar o telefone dizendo que estava falando com o secretário”, contou.

A técnica de enfermagem, Thainá Gomes, relembra algumas situações de momentos de vacinação na capital.

“Quando a gente pede para eles observarem o procedimento, eles querem saber de tirar foto, postar nas redes sociais, não está visado para ver o procedimento. Aí dizem que a gente não está aplicando, que a vacina foi vazia. Quando a foto não pega, ele pedem para que a gente simule que está aplicando. Ai quando negamos, eles ficam revoltados, achando que nós estamos erradas”, comentou Thainá.

A reportagem de um veículo de impressa tentou contatar as mulheres apontadas pelas agressões, mas não tiveram nenhum retorno até a publicação da reportagem.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorAgricultor que denunciou esquema de grilagem na ‘Operação Faroeste’ é executado em Barreiras
Próximo artigoJanssen adia entrega de 3 milhões de vacinas que chegaria ao Brasil nesta terça-feira (15)