Início Destaques João Roma destaca vacinação de atletas olímpicos e paralímpicos: “Sentimento de esperança”

João Roma destaca vacinação de atletas olímpicos e paralímpicos: “Sentimento de esperança”

Foto: Julio Dutra

O ministro da Cidadania, João Roma, participou ontem (terça-feira, 11) de coletiva para apresentar o plano de vacinação contra a covid-19 de todos os atletas integrantes da Comitiva Brasileira dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio e afirmou que o momento simboliza um sentimento de esperança. Ao lado do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, Roma ainda voltou a destacar o esporte como ferramenta de inclusão social.

Participaram da apresentação o Secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães, e o secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento, Bruno Souza. Ambas as secretarias são vinculadas ao Ministério da Cidadania. “Nesse momento em que todo mundo é atingido por essa pandemia, nós sabemos que o espírito olímpico pode simbolizar, sim, um sentimento de esperança para toda a população. É um movimento mundial, e os nossos atletas brasileiros, que certamente vão orgulhar o nosso Brasil, precisam não apenas estar imunizados como também seguir os protocolos internacionais”, afirmou Roma.

A imunização, que será coordenada pelo Ministério da Saúde, beneficiará 1.814 pessoas credenciadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Segundo a pasta, a imunização irá garantir que os atletas, comissão técnica e profissionais credenciados viajem protegidos e possam competir com segurança no Japão.

As ações começam já nesta quarta-feira (12) em seis capitais brasileiras: Fortaleza (CE), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Brasília (DF). Além disso, outros 3.600 brasileiros serão vacinados graças à doação de doses para o Plano Nacional de Imunizações do Governo Federal. Dessa forma, não haverá prejuízo ao cronograma nacional de vacinação.

Saúde e inclusão
Em sua fala, João Roma voltou a destacar sobre a interação entre áreas de esporte e saúde. “A saúde preventiva, a atividade física regular, também é um item muito importante para que o cidadão mantenha todo um protocolo que possa se contribuir para que ele possa estar protegido, não apenas de consequências mais danosas do efeito da covid-19 como que ele possa também ter uma vida mais saudável”, disse.

Ele salientou também que o programa Bolsa Atleta, coordenado pelo Ministério da Cidadania, deve ter este ano número recorde, ao superar a marca de 7 mil beneficiados. “É uma importante ferramenta. Sabemos que são muitas histórias dramáticas e que brasileiros geralmente quando se destacam passaram por uma história de muita dificuldade para conseguir superar não só os seus limites, mas também para superar quesitos históricos do nosso Brasil, como desigualdade social, falta de acesso a equipamentos e instrução adequada”, pontuou.

O ministro ainda enfatizou que o enfoque da Secretaria Geral de Esportes tem sido mais na questão educacional, “criando novas gerações de campeões, novas oportunidades para as futuras gerações do nosso país”.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorGoverno da Bahia libera R$ 13 milhões para pagamento do Prêmio por Desempenho Policial
Próximo artigoMega-Sena desta quarta-feira sorteia prêmio acumulado de R$ 27 milhões