Início Arte Cine Janela exibe performance de artista angolano Thó Simões apresenta “Intocável” em...

Cine Janela exibe performance de artista angolano Thó Simões apresenta “Intocável” em projeto de projeção audiovisual durante quarentena

FOTO: IMAGEM DIVULGAÇÃO

O artista visual angolano Thó Simões é um dos atuais residentes do Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut Salvador-Bahia que estão vivenciando uma experiência diferente de trocas culturais, numa prática a distância, devido às condutas de isolamento social em combate à pandemia da Covid-19. Em meio às relações com Salvador, o Cine Janela, que vem transformando o bairro do Dois de Julho em tela de cinema durante a quarentena, vai exibir a performance “Intocável”, criada por Thó neste período e que justamente questiona: como vai ser? Os sentimentos, amores, anseios, o que fazer deles? Como conseguir? Restaremos nós, ainda, humanos? Os moradores da Rua da Faísca poderão assistir à obra projetada no Edifício Maria Helena neste domingo, 12 de julho, às 20h, com transmissão também no Instagram do projeto (@cine.janela).

Sobre o Cine Janela – Em tempos de quarentena, artistas, produtores e gestores culturais de todo o mundo têm buscado formas de não deixar a cultura e as artes adoecerem, além de oferecerem ao público a possibilidade de continuar acessando conteúdos artísticos. Festivais online, lives em redes sociais, editais e muitas outras iniciativas têm sido promovidas para entreter o público em casa. A ideia do Cine Janela Salvador surgiu das mentes irrequietas das cineastas Jamile Coelho e Cíntia Maria e do gestor cultural Chicco Assis, moradores do Dois de Julho, inspirados por iniciativas que já vinham acontecendo em outras cidades do Brasil e do mundo. A proposta é manter a arte e a cultura pulsantes nesses tempos de quarentena. Para Jamile Coelho, “o cinema é uma janela capaz de transportar pessoas para outros lugares além da quarentena e, através do projeto Cine Janela, podemos criar outras formas de interação e romper as barreiras do isolamento”. O coletivo encontrou na projeção de filmes através da janela a possibilidade não apenas de continuar o trabalho em prol da disseminação da cultura, mas também de movimentar a rotina da vizinhança.

Sobre o Goethe-Institut Salvador-Bahia – Instituto cultural da República Federal da Alemanha, o Goethe-Institut, fundado em 1951, se dedica a fomentar o diálogo entre culturas e é a maior instituição de ensino de alemão no mundo. Atualmente, dispõe de uma rede de 159 unidades em 98 países de todos os continentes. A unidade do Goethe-Institut Salvador-Bahia foi criada em 1962 e, desde então, promove a aprendizagem da língua alemã, divulga uma imagem abrangente da Alemanha e realiza colaborações locais, nacionais e internacionais na área da cultura, com numerosos parceiros públicos e privados. É um espaço disposto ao exercício artístico-cultural, realizando ações próprias e oferecendo suporte a iniciativas de variadas espécies. Dispõe de teatro, foyer, galerias, biblioteca, ateliês, estúdios, salas de aulas, praças, pátio e café. Após mais de meio século de atividades contínuas na cidade, iniciou, em 2016, o Programa de Residência Artística Vila Sul, com a proposta de fortalecer interlocuções entre o Brasil e demais países do hemisfério Sul a partir do acolhimento de artistas e agentes culturais de diversas áreas, linguagens e origens. Mais de 80 residentes já experimentaram esta oportunidade.

Cine Janela

Com: Thó Simões (Angola)

Performance: “Intocável” (2020)

Quando: 12 de julho de 2020 (domingo), 20h

Onde: Projeção no Edifício Maria Helena – Rua da Faísca, Dois de Julho

Transmissão no Instagram @cine.janela

Compartilhe agora:
Artigo anteriorPRF prende traficante com quase 16kg de maconha que seria comercializada em Salvador
Próximo artigoQuatro toneladas de drogas apreendidas é incinerada pela polícia na Bahia