Início Comércio Ator faz sucesso na quarentena vendendo “o pão que o viado amassou”

Ator faz sucesso na quarentena vendendo “o pão que o viado amassou”

Exaltando a cultura LGBTQ+ e aproveitando para tirar uma graninha extra em meio à pandemia do coronavírus, o ator DJ e trapezista curitibano Gabriel Castro, de 34 anos, tem bombado na internet com o delivery O Pão Que o Viado Amassou.

Com nome e conceito que abusam da criatividade, Gabriel tem feito entregas de pães dos mais variados sabores por Curitiba. Na última semana o artista se viu viralizando na internet com sua ideia bem-humorada.

“Minha intenção é botar na casa das pessoas a cultura gay, não tenho pretensão de fazer fortuna, mas quero discutir a realidade bicha com a sociedade”, disse o rapaz em entrevista ao portal Metrópoles.

Ainda muito tímido, o negócio começou mesmo tem apenas 3 semanas. Para manter O Pão Que o Viado Amassou a todo vapor, Gabriel conta com a ajuda de sua irmã, o cunhado e um amigo, o “motobofe”, que faz as entregas.

Gabriel ainda revelou que todo o processo, desde o contato com o cliente, até a entrega, contam com uma linguagem que remetem à cultura gay. Os pães custam entre R$ 11 e R$ 35. Podem ser entregues em casa ou retirados no Gabinete do Glitter (casa e padaria).

Apesar do dom ter vindo de família (seu pai já teve padaria), Gabriel confessa que não se define como padeiro. “Olha, outra coisa legal é que fazer pão ajudou na minha sanidade. Tava ficando meio louco sem ter o que fazer na quarentena”, disse

Compartilhe agora:
Artigo anteriorLuciano Hang sonegou R$ 2,5 mi em contribuição previdenciária, afirma Receita
Próximo artigoHospital de Campanha Arena Fonte Nova batiza UTI com nome de ídolo do Vitória