Início Polêmica Prefeito de Juazeiro é alvo de denuncias e criticas por desmandos na...

Prefeito de Juazeiro é alvo de denuncias e criticas por desmandos na gestão

Imagem divulgação

O Prefeito de Juazeiro Paulo Bomfim, vive um momento delicado em sua gestão, a população parece não aprovar a forma que o gestor conduz suas ações à frente da máquina pública Juazeirense.

Denuncias, insatisfação e falta de comprometimento com áreas prioritárias são alguns dos problemas apontados pela população da cidade.

Denuncias

O ex-presidente do Democratas na Bahia e ex-deputado federal José Carlos Aleluia(na época Deputado Federal – 2018) denunciou o prefeito de Juazeiro, Paulo Bonfim (PCdoB), ao Tribunal de Justiça da Bahia e aos ministérios públicos Federal e Estadual por supostamente cometer crime de responsabilidade.

Segundo o ex-parlamentar, o gestor municipal dissimulou a doação de um patrimônio público da cidade avaliado em R$ 1,2 milhão como forma de diminuir uma dívida da gestão do ex-prefeito Isaac Carvalho (PCdoB) junto ao Instituto de Previdência dos Servidores Juazeiro.

De acordo com Aleluia, os comunistas se apropriaram de parte dos salários dos servidores destinada à aposentadoria e não fizeram o repasse obrigatório ao órgão. Ainda segundo o deputado, para atenuar o débito, Paulo Bonfim montou uma operação em que propôs à Câmara de Vereadores a doação do imóvel público situado na antiga “Praça do Vaporzinho”, entre as ruas Carmela Dutra e Juvêncio Alves. Após a aprovação, o prefeito irregularmente teria modificado o ato e usou o bem público como amortização da dívida do governo.

“Descobrimos que o prefeito não só está se apropriando do dinheiro da aposentadoria dos servidores, como usou um patrimônio público da cidade de Juazeiro para amortizar essa dívida que ele e o ex-prefeito criaram. É crime. Vão responder por isso na Justiça. E vai ter que devolver esse terreno que não pertence a ele, nem ao seu chefe político. Pertence à cidade de Juazeiro”, explicou Aleluia.

Maus tratos

Circula nas redes sociais alguns vídeos que relatam a falta de atendimento em postos de saúde da cidade, uma senhora passa mal e não recebe os primeiros socorros.

Ausência de transporte escolar

População do Salitre cobra o transporte escolar para os alunos.

Obra de fachada

Moradores de Juazeiro denunciam uma obra de fachada, a do Núcleo de Endemias Robert Dias Pereira, nome na frente do estabelecimento e internamente total abandono, sem nenhum estrutura interna.

Falta de combate a Dengue, Zica e Chicungunya

Taxistas e frequentadores da Praça Cordeiro de Miranda no Centro de Juazeiro, cidade no norte da Bahia, estão preocupados com o acúmulo de água parada no monumento São Tiago Maior, escultura feita pelo artista Deocleciano Martins de Oliveira, onde antes estava localizado o Mercado Municipal, que por sua vez foi inaugurado no dia 02 de julho de 1916.

Juazeiro sempre teve problemas em conter a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, Zica e chikungunya. Moradores cobram da Prefeitura uma ação para eliminar os focos existentes na Praça Cordeiro de Miranda.

Apesar de tantos problemas a serem priorizados na Cidade, o Prefeito pede apoio aos Vereadores para abertura de novos bares, acredite!

Compartilhe agora:
Artigo anteriorRui autoriza início de obras da Policlínica Regional de Saúde em Brumado
Próximo artigoBola fora: Ricardo Lima decide manter rodadas do campeonato baiano 2020