Início Destaques “Imprensa Lixo”, publica Carlos Bolsonaro no Twitter

“Imprensa Lixo”, publica Carlos Bolsonaro no Twitter

Após passar a ser investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por suspeitas de ter mantido funcionários “fantasmas” em seu gabinete na Câmara Municipal, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou estar “tranquilo e despreocupado” e, mais uma vez, atacou a imprensa. “Imprensa lixo, não adianta me chamar para a briga, com desinformações que vocês sempre fomentaram, que não vou cair na armadilha. Qualquer um sabe o motivo disso tudo e qual o objetivo. Tranquilo e despreocupado! Bom dia a todos!”, disse, no Twitter, na manhã desta quinta-feira 12.

As denúncias de supostas irregularidades no escritório do filho Zero Dois do presidente Jair Bolsonaro (PSL) começaram a ser publicadas depois que o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), irmão de Carlos, passou a ser investigado por práticas parecidas.

O jornal O Estado de S. Paulo revelou o caso de Claudionor Gerbatim de Lima e Márcio da Silva Gerbatim, que trabalharam no gabinete de Carlos na Câmara e não têm registros de frequência. Os dois são parentes de Fabrício Queiroz, pivô da investigação envolvendo Flávio e seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que está suspensa por decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF).

As investigações do MP-RJ estão sob sigilo e correm em duas esferas: a criminal, que está nas mãos do procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, com auxílio do Grupo de Atribuição Originária Criminal (Gaocrim); e a cível, na qual se verifica se houve improbidade administrativa.

Compartilhe agora:
Artigo anteriorProjeto de lei que proíbe arrastão na quarta de cinzas de Salvador prevê multa de R$ 500 mil
Próximo artigoSEXTOU: Josenel Barreto recebe Carlos Villela, Celo Costa e Maviael Melo em seu programa matinal